The Church Historian's Press The Church Historian's Press

18

Toda irmã deve seguir avante

Sociedade de Socorro de Kanab

Schoolhouse, Kanab, Território de Utah

13 de fevereiro de 1881


Eliza R. Snow

Eliza R. Snow Por volta de 1875. Eliza R. Snow era poetisa, viajante mundial e uma líder renomada da Igreja. Graças ao seu trabalho de preservação do Livro de Atas da Sociedade de Socorro de Nauvoo, ela fez uma conexão eficiente entre a sociedade de Nauvoo e o ressurgimento da organização no Território de Utah. Ela levava consigo o Livro de Atas quando visitava as comunidades mórmons, ajudando a organizar as mulheres e encorajando-as a falar em público. Fotografia de Charles Carter (Biblioteca de História da Igreja, Salt Lake City.)

Em 13 de fevereiro de 1881, Eliza Roxcy Snow (1804–1887) discursou para as mulheres em Kanab, Território de Utah, cerca de 483 quilômetros ao sul de Salt Lake City, sobre a busca pessoal de salvação.1 Três meses antes, Eliza Snow partira de Salt Lake, em companhia de Zina D. H. Young, em uma longa viagem de visita às comunidades dos santos dos últimos dias no sul de Utah.2 Elas planejaram participar de ordenanças realizadas no templo de St. George, o único templo da Igreja em funcionamento na época.3 Elas também visitaram e organizaram a Sociedade de Socorro, a Associação de Melhoramentos Mútuos das Moças (AMM-M) e a Primária em vários lugares no centro e no sul de Utah.4

Eliza Snow e Zina Young passaram a segunda semana de fevereiro em Kanab, cerca de 130 quilômetros a leste de St. George, próximo à fronteira do Arizona.5 Por estar em um local isolado, essa comunidade raramente recebia visitantes. O presidente da Estaca Kanab, John Nuttall, havia escrito anteriormente “Não temos o privilégio de receber a visita de nossas irmãs da liderança geral pois todo o tempo delas está preenchido com viagens e visitas para os que estão cercados pelas influências externas”.6 Enquanto permaneceram em Kanab, Eliza e Zina participaram de um piquenique de ala, organizaram a Primária da estaca e das alas, reuniram-se com a Sociedade de Socorro e com a AMM-M e organizaram uma associação para produção de tecido de seda.7 No domingo, 13 de fevereiro, Eliza Snow, Zina Young e Minerva Snow, presidente da Sociedade de Socorro da Estaca St. George, discursaram em uma reunião combinada da Sociedade de Socorro e da AMM-M.8

As mulheres de Kanab deram as boas-vindas formais às visitantes de Salt Lake City, saudando-as como: “Senhoras Pioneiras”, “Mães em Israel” e “Presidentes de todas as mulheres”.9 Em junho de 1880, Eliza Snow fora chamada como presidente geral da Sociedade de Socorro e havia escolhido Zina Young para ser sua primeira conselheira.10 Nesse chamado, Eliza Snow tinha a autoridade de supervisionar todas as organizações das mulheres da Igreja. Seus relacionamentos pessoais também contribuíram para sua posição de destaque na sociedade dos santos dos últimos dias. Ela foi esposa plural de Joseph Smith e depois que ele morreu, casou-se com Brigham Young. Eliza passou a usar o sobrenome Smith em 1880, depois da morte de Brigham Young em 1877, da morte de Emma Smith em 1879, e de seu chamado como presidente geral da Sociedade de Socorro em 1880.11 Ela acreditava, e ensinou para as mulheres de Kanab, que cada mulher é responsável por sua própria salvação.

A irmã Snow Smith disse que houve um tempo que pensávamos que nossos maridos nos salvariam, independentemente dos nossos próprios esforços. Agora entendemos que, em vez de depender inteiramente de nosso marido para alcançar a salvação e a exaltação, nós temos que trabalhar pessoalmente para alcançá-las.12 A responsabilidade e o trabalho que recai sobre as mulheres está se tornando cada vez mais importante. Quando as mulheres são refinadas, a sociedade é reformulada. E o bem-estar dos filhos depende muito de sua influência e exemplo. Nossas sociedades de socorro devem ajudar os bispos e assumir muitos dos cuidados que estão sob sua responsabilidade. Estamos organizadas nas estacas e nas alas e é necessário que cada irmã siga avante, se envolvendo neste trabalho para o benefício de suas filhas. O Senhor quer que sejamos um povo eleito. Sinto que não nos aproximamos do Pai tanto quanto deveríamos. Quando conseguirmos vencer nossos próprios desejos naturais, receberemos salvação. “Eu diria às minhas jovens irmãs, nunca deixem de cumprir um dever.13 Deus tem-lhes mostrado o caminho para que se tornem rainhas e sacerdotisas em Seu Reino, se viverem para isso”.14

Notas de rodapé

  1. [1]Brigham Young dedicou Kanab, localizada no deserto árido do sul de Utah, em 1870, alguns anos depois dos colonos começarem a criar e alimentar o gado e construir um forte. (Martha Sonntag Bradley, A History of Kane County [Uma História do Condado de Kane], Série de Histórias do Condado Centenário de Utah, Salt Lake City: Sociedade Histórica do Estado de Utah, 1999, pp. 60–62, 74.)

  2. [2]Eliza Snow registrou que ela e Zina Young “viajaram 1.600 quilômetros com um grupo de pessoas, atravessando terrenos com pedras pontudas ou cobertos de areia, ocasionalmente acampando à noite nas viagens de longas distâncias”. Elas retornaram a Salt Lake City em março de 1881. (Eliza R. Snow, “Sketch of My Life” [Esboço de Minha Vida], em The Personal Writings of Eliza Roxcy Snow [Os Escritos Pessoais de Eliza Roxcy Snow], ed. Maureen Ursenbach Beecher, Logan: Utah State University Press, 2000, p. 37; ver também Jill Mulvay Derr, “Mrs. Smith Goes to Washington: Eliza R. Snow Smith’s Visit to Southern Utah, 1880–1881” [A Sra. Smith Vai a Washington: A Visita de Eliza R. Snow Smith ao Sul de Utah, 1880–1881], em Honoring Juanita Brooks: A Compilation of 30 Annual Presentations from the Juanita Brooks Lecture Series [Uma Compilação de 30 Apresentações Anuais das Séries de Palestras de Juanita Brooks], Dixie State University, ed. Douglas D. Alder, St. George, UT, Dixie State University, 2014, pp. 475–510.)

  3. [3]Derr, “Mrs. Smith Goes to Washington” [A Sra. Smith Vai a Washington], pp. 495-498.

  4. [4]Eliza Snow formou organizações em todas as comunidades mórmons no Oeste. Ela lembra: “Viajei de ponta a ponta, em todo o Território de Utah, até Nevada e Idaho, em prol dessas organizações. Organizei centenas de Associações das Moças e da Primária, desde que elas surgiram”. (Snow, “Sketch of My Life”, [Esboço de Minha Vida], p. 37).

  5. [5]O grupo acampou por três noites no caminho entre St. George e Kanab, uma viagem de 130 quilômetros. Elas também visitaram Long Valley, Orderville, Glendale e Johnson — todos no sul de Utah — antes de voltarem para St. George. (Eliza R. Snow Smith, “Trip to Kanab” [Viagem a Kanab], Woman’s Exponent, 9, nº 20, 15 de março de 1881, p. 157.)

  6. [6]Kanab Utah Stake Relief Society Minutes and Records [Registros e Atas da Sociedade de Socorro da Estaca Kanab], vol. 1, 1878–1921, 6 de dezembro de 1878, p. 3, Biblioteca de História da Igreja. Elizabeth Little registrou sobre as boas-vindas oficiais a Eliza Snow e Zina Young: “Uma longa e estimada expectativa se realiza nesse feliz evento. Aqui, nas fronteiras isoladas de Utah, recebemos pela primeira vez a visita de nossas representantes femininas”. (M. Elizabeth Little, “A Welcome” [Boas-Vindas], Woman’s Exponent, 9, nº 21, 1º de abril de 1881, p. 165.)

  7. [7]Snow Smith, “Trip to Kanab” [Viagem a Kanab], p. 157; M. Elizabeth Little, “Kanab Relief Society” [Sociedade de Socorro de Kanab], Woman’s Exponent, 9, nº 21, 1º de abril de 1881, pp. 165–166. A Sociedade de Socorro de Kanab foi organizada em 12 de novembro de 1873, e a Sociedade de Socorro da Estaca Kanab realizou sua primeira conferência semestral em 6 de dezembro de 1878. (Registros e Atas da Sociedade de Socorro da Ala Kanab, Estaca Kanab, Livro de Atas A, 1873–1883, 12 de novembro de 1873, pp. 3–4, Biblioteca de História da Igreja; Atas e Registros da Sociedade de Socorro da Estaca Kanab Utah, 6 de dezembro de 1878, pp. 1–4.)

  8. [8]Eliza Snow e Zina Young hospedaram-se na casa de Minerva Snow enquanto permaneceram em St. George e ela as acompanhou na viagem até o Condado de Kane. (Derr, “Mrs. Smith Goes to Washington” [A Sra. Smith Vai a Washington], pp. 483, 491.)

  9. [9]Little, “A Welcome” [Boas-Vindas], p. 165.

  10. [10]Emmeline B. Wells, “Salt Lake Stake Relief Society Conference” [Conferência da Sociedade de Socorro da Estaca Salt Lake], Woman’s Exponent, 9, nº 3, 1º de julho de 1880, pp. 21–22.

  11. [11]Derr, “Mrs. Smith Goes to Washington” [A Sra. Smith Vai a Washington], pp. 479–482.

  12. [12]Zina Young falou depois de Eliza Snow, incentivando as mulheres a aceitar e honrar o princípio do casamento plural e nunca falar desrespeitosamente com o marido. “Minhas irmãs”, ela disse, “tivemos um banquete de princípios corretos”. (Little, “Kanab Relief Society” [Sociedade de Socorro de Kanab], p. 166.)

  13. [13]Minerva Snow falou depois de Zina Young e incentivou as mulheres: “Devemos superar nossas falhas. O que são as pequenas provações desta vida quando comparadas às grandes bençãos que estão à nossa espera se formos fiéis?” (Little, “Kanab Relief Society” [Sociedade de Socorro de Kanab], p. 166.)

  14. [14]A maior parte deste discurso foi parafraseado por Elizabeth Little, que tomou nota das atas, mas nessas duas últimas frases, Little aparentemente fez uma citação direta de Eliza Snow. Eliza Snow falou na Sociedade de Socorro de Santa Clara, em 27 de novembro de 1880, que “as moças de Sião são maiores do que as rainhas da Terra. Podemos nos tornar aquilo que escolhemos ser”. (Ala Santa Clara, Estaca Saint George, Relief Society Minutes and Records [Registros e Atas da Sociedade de Socorro], vol. 3, 1873–1893, 27 de novembro de 1880, p. 47, Biblioteca de História da Igreja.)

  15. [15]O relatório de Elizabeth Little foi enviado a Emmeline B. Wells, em Salt Lake City e impresso no jornal Woman’s Exponent. Não há um relatório da reunião de 13 de fevereiro de 1881 nas atas da Sociedade de Socorro da Ala e nem da Estaca Kanab, mas as atas da reunião seguinte fazem referência à visita e ao discurso de Eliza Snow. (Kanab Ward Relief Society Minutes [Atas da Sociedade de Socorro da Ala Kanab] , 3 de março de 1881, p. 165.)