The Church Historian's Press The Church Historian's Press

Cronologia

A Igreja de Cristo é organizada

A Igreja de Cristo (que mais tarde passou a se chamar A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias) foi organizada em Fayette, Nova York.

 

Emma Smith é chamada de “mulher eleita”

Uma revelação (que agora se encontra na seção 25 de Doutrina e Convênios) para Joseph Smith referente a sua esposa, Emma Hale Smith, chamou-a de “mulher eleita” e a instruiu a “explicar as escrituras e exortar a igreja”.

 

Lucy Mack Smith fala aos santos dos últimos dias

Lucy Mack Smith falou a um grupo de santos dos últimos dias emigrantes, no lago Erie, em Nova York. Ver capítulo 1, “Onde está sua confiança em Deus?”

 

Elizabeth Ann Whitney canta em línguas

Depois de receber sua bênção patriarcal no Templo de Kirtland parcialmente construído, Elizabeth Ann Whitney se levantou e cantou em línguas. Ver capítulo 2, “Adão-ondi-Amã”.

 

Início da publicação do Latter-day Saints’ Millennial Star

Esse periódico quinzenal da Igreja ajudou na divulgação do evangelho e na comunicação com os santos de toda a missão britânica.

 

A Sociedade de Socorro Feminina de Nauvoo é organizada

A Sociedade de Socorro Feminina foi organizada em Nauvoo, Illinois. Emma Smith foi eleita presidente. Outras líderes designadas naquele dia foram Sarah Marietta Kingsley Howe Cleveland e Elizabeth Ann Smith Whitney, conselheiras, Eliza Roxcy Snow, secretária, Phebe M. Bartholomew Wheeler, secretária adjunta, e Elvira A. Cowles, tesoureira.

 

Emma Smith instrui a Sociedade de Socorro de Nauvoo

Como presidente da Sociedade de Socorro de Nauvoo, Emma Smith foi de importância fundamental na formação da organização. Suas palavras mostram suas prioridades e também sua liderança. Ver capítulo 3, “Faremos algo extraordinário”.

 

Elizabeth Ann Whitney instrui a Sociedade de Socorro de Nauvoo

As palavras de Elizabeth Ann Whitney como segunda conselheira na Sociedade de Socorro de Nauvoo mostram como ela ajudou a erguer os fardos de suas irmãs. Ver o capítulo extra “O privilégio das irmãs”.

 

É realizada a quinta reunião da Sociedade de Socorro de Nauvoo

As atas da quinta reunião da Sociedade de Socorro mostram o formato dessas reuniões e demonstram que foram eventos participativos. Essa reunião incluiu discursos proferidos por Sarah Cleveland, Elizabeth Ann Whitney, Presendia Buell, Lucy Mack Smith, Elizabeth Durfee, Eliza R. Snow e Patty Sessions. Ver capítulo 4, “Segundo a ordem do céu”.

 

É realizada a última reunião da Sociedade de Socorro de Nauvoo

É realizada a última reunião da Sociedade de Socorro de Nauvoo.

 

Joseph e Hyrum Smith são assassinados

Joseph e Hyrum Smith são assassinados em Carthage, Illinois.

 

Lucy Mack Smith discursa na conferência geral

Neste primeiro relato de quando uma mulher discursou na conferência geral, Lucy Mack Smith prestou seu testemunho e narrou acontecimentos do início da história da Igreja. Ver capítulo 5, “Este evangelho de boas-novas a todos”.

 

Tem início a jornada para o Oeste

Os santos dos últimos dias iniciam sua jornada para o Oeste partindo de Illinois até o vale do Lago Salgado.

 

Os santos chegam ao vale do Lago Salgado

O primeiro grupo de santos dos últimos dias chega ao vale do Lago Salgado.

 

É organizado o Conselho de Saúde das Mulheres

O Conselho de Saúde das Mulheres foi organizado em Salt Lake City nessa data.

 

Phoebe M. Angell discursa para o Conselho de Saúde das Mulheres

Phoebe M. Angell, presidente do Conselho de Saúde das Mulheres, discursou na reunião de agosto de 1852 sobre a importância de combinar a fé com o conhecimento prático e a experiência no tratamento de enfermos. Ver capítulo 6, “Buscar o Senhor para obter sabedoria”.

 

São formadas as Sociedades de Socorro locais

Aproximadamente duas dúzias de Sociedades de Socorro locais foram formadas em Salt Lake City em outros lugares do território de Utah.

 

As mulheres organizam um projeto de auxílio aos índios

As mulheres SUD de Salt Lake City organizaram independentemente uma sociedade para confeccionar roupas para as mulheres e crianças indígenas. Matilda Dudley Busby foi escolhida como presidente.

 

Brigham Young aconselha as mulheres a se organizarem

Brigham Young, o presidente da Igreja, aconselhou as mulheres SUD a se organizarem em sociedades, nas alas locais, para auxiliar as mulheres indígenas e outros necessitados.

 

É apresentado o convênio da Sociedade de Socorro da Ala 13

Matilda Dudley Busby, presidente da Sociedade de Socorro da Ala 13 de Salt Lake City, apresentou um “convênio” para as irmãs da Sociedade de Socorro, em 1854 e em 1857. Ver capítulo 7, “O convênio da Sociedade de Socorro da Ala 13”.

 

A “Guerra de Utah” atrapalha o funcionamento da Igreja

A “Guerra de Utah” — a ameaça de um conflito armado entre os santos dos últimos dias e o governo dos Estados Unidos — atrapalha o funcionamento da Igreja. Isso resultou na descontinuação das organizações da Sociedade de Socorro.

 

Reunião da “Sociedade Benevolente” de Cedar City

A “Sociedade Benevolente” de Cedar City funcionou de modo muito semelhante a outras Sociedades de Socorro, na década de 1850. As atas dessa reunião mostram como a organização proporcionava às mulheres liderança e a oportunidade de prestar testemunho, concentrando-se nos pobres e necessitados locais. Ver o capítulo extra “Diligência dobrada”.

 

O discurso de Elicia A. Grist é publicado no Millennial Star

No artigo publicado por Elicia Grist, ela falou sobre as responsabilidades que pertencem especificamente às mulheres. Ver capítulo 8, “Todos temos uma missão a cumprir”.

 

Brigham Young restabelece a Sociedade de Socorro

Brigham Young pede que a Sociedade de Socorro seja restabelecida nas alas locais. Aproximadamente uma dúzia de alas atendeu ao pedido nos quatro meses subsequentes.

 

Eliza R. Snow fica encarregada de ajudar a restabelecer a Sociedade de Socorro

Brigham Young pediu que a organização da Sociedade de Socorro fosse restabelecida. Por volta dessa época, Brigham Young encarregou Eliza R. Snow, uma de suas esposas plurais, a ajudar no restabelecimento das sociedades locais. Por meio de textos escritos, discursos nas alas locais e outros meios, ela salientou a importância da Sociedade de Socorro e deu orientações sobre como as sociedades deveriam ser organizadas.

 

Mary Isabella Horne discursa na Sociedade de Socorro da Ala 17 de Salt Lake City

Mary Isabella Horne, que serviu em vários níveis na Sociedade de Socorro, falou sobre a fé nos momentos de provação para um grupo de mulheres, em Salt Lake City. Ver capítulo 9, “Deus nos capacitará para a vitória”.

 

Eliza R. Snow instrui a Sociedade de Socorro da Ala 17 de Salt Lake City

Eliza R. Snow visitou a Ala 17 como parte de seu empenho em divulgar os propósitos da Sociedade de Socorro. Ver capítulo 10, “Devemos nos aprimorar”.

 

É construído o primeiro salão da Sociedade de Socorro

O primeiro salão separado para uso da Sociedade de Socorro foi dedicado na Ala 15 de Salt Lake City para ser usado tanto para assuntos administrativos quanto para adoração.

 

Zina D. H. Young discursa para a Sociedade de Socorro de Lehi

Zina D. H. Young, que auxiliou Eliza R. Snow na organização da Sociedade de Socorro e no treinamento de novas presidências, discursou para as mulheres de Lehi, Utah, sobre o fato de Deus estar ciente delas. Ver capítulo 11, “Nós servimos a um Deus justo”.

 

Mary Isabella Horne é convidada para liderar um projeto de simplificação

Brigham Young convidou Mary Isabella Horne, presidente da Sociedade de Socorro da Ala 14 de Salt Lake City, a liderar as mulheres mórmons num esforço de simplificar a preparação das refeições e o vestuário.

 

Jane H. Neyman discursa para a Sociedade de Socorro de Beaver

Jane H. Neyman discursou para a Sociedade de Socorro de Beaver, Utah, sobre caridade e união, e a importância disso na Sociedade de Socorro. Ver capítulo 12, “Ser tolerante e perdoar”.

As mulheres protestam contra o projeto de lei Cullom

As mulheres da Ala 15 de Salt Lake City se reuniram para protestar contra o projeto de lei Cullom, proposto pela legislação federal, com o intuito de punir os polígamos e restringir o poder da Igreja. Nos três meses subsequentes, milhares de outras mulheres mórmons se reuniram em reuniões de protesto (ou “indignação”) semelhantes.

 

É realizada a primeira reunião de resguardo cooperativo das damas

Mary Isabella Horne realizou a primeira reunião de resguardo cooperativo das damas e foi nomeada presidente da reunião.

 

É concedido o direito de voto às mulheres de Utah

Stephen A. Mann, secretário territorial e governador interino do território de Utah, assinou uma lei conferindo o direito de voto às mulheres de Utah. Utah tornou-se o segundo estado ou território (após o território do Wyoming) a conceder direito de voto às mulheres.

 

É formada a Associação de Resguardo das Jovens Damas

As filhas de Brigham Young, com a ajuda de Eliza R. Snow, organizaram-se como a primeira Divisão de Jovens Damas da Associação de Resguardo Cooperativo das Damas. Essa e outras divisões para moças logo se tornaram conhecidas como a Associação de Resguardo das Jovens Damas.

 

Mary Isabella Horne é aceita como presidente da Associação de Resguardo

Mary Isabella Horne foi “unanimemente aceita” como presidente da Associação de Resguardo Cooperativo das Damas. Essa sociedade e sua divisão para moças foram coletivamente chamadas de Associação de Resguardo Cooperativo Sênior e Júnior por algum tempo, e mais tarde de Reunião de Resguardo Geral ou Quinzenal das Damas.

 

Drusilla D. Hendricks discursa para a Sociedade de Socorro de Smithfield

Drusilla D. Hendricks relatou experiências de vida e incentivou as irmãs da Sociedade de Socorro de Smithfield, Utah, a confiar no Senhor quando se deparassem com dificuldades importantes. Ver capítulo 13, “A oração da fé”.

 

Rebecca E. Standring discursa para a Sociedade de Socorro de Lehi

Rebecca E. Standring falou sobre união e ampliou a definição de família em seu discurso para as mulheres de Lehi, Utah. Ver o capítulo extra “Irmãs de verdade”.

 

Inauguração do Woman’s Exponent

O primeiro número do Woman’s Exponent foi publicado.

 

Eliza R. Snow discursa para a Associação de Resguardo Cooperativo Sênior e Júnior

Eliza Snow falou sobre a importância da edificação espiritual e intelectual, assim como do desenvolvimento apropriado das habilidades domésticas como parte do movimento cooperativo. Ver capítulo 14, “Elevadas muito acima do comum”.

 

A Associação de Resguardo das Jovens Damas passa a chamar-se Associação de Melhoramentos Mútuos das Jovens Damas

A associação passou oficialmente a chamar-se Associação de Melhoramentos Mútuos das Damas, ou AMM-M.

 

A primeira Primária é organizada

A primeira associação Primária foi organizada em Farmington, território de Utah, sob a liderança de Aurelia Spencer Rogers.

 

Mary Ann Freeze instrui a Associação de Melhoramentos Mútuos dos Rapazes e das Damas da Ala 11 de Salt Lake City

Mary Ann Freeze falou para as moças e para os rapazes sobre como cada pessoa tem valor e propósito. Ver capítulo 15, “Nossa missão”.

 

Mary B. Ferguson discursa para as moças de Spanish Fork

Mary B. Ferguson instruiu as moças de Spanish Fork, Utah, sobre fé e trabalho. Ver capítulo 16, “Dissertação sobre fé”.

 

As presidências gerais são apoiadas

Em uma conferência trimestral da Sociedade de Socorro de Salt Lake City, foram apoiadas as presidências gerais da Sociedade de Socorro, da Associação de Melhoramentos Mútuos das Damas e da Associação Primária. Eliza R. Snow foi apoiada presidente geral da Sociedade de Socorro, Elmina S. Taylor foi apoiada presidente da AMM-M, e Louie B. Felt foi apoiada presidente geral da Primária.

 

Lillie T. Freeze discursa para as moças da Ala 11 de Salt Lake City

Lillie T. Freeze abordou a transição da juventude para a vida adulta. Ver capítulo 17, “Os frutos de nosso trabalho”.

 

Eliza R. Snow discursa para a Sociedade de Socorro de Kanab

Eliza R. Snow falou para as mulheres de Kanab, Utah, sobre a jornada individual para a salvação. Ver capítulo 18, “Toda irmã deve seguir avante”.

 

Ellenor G. Jones instrui as moças da Ala 11 de Salt Lake City

Ellenor G. Jones ensinou as moças sobre o poder da oração. Ver capítulo 19, “O poder da oração”.

 

As mulheres protestam contra a lei Edmunds

Duas mil mulheres mórmons se reuniram em Salt Lake City para protestar contra a recém-promulgada lei Edmunds, uma lei federal que visava dar fim à prática da poligamia pelos mórmons.

 

É realizada a primeira conferência geral da Sociedade de Socorro

A primeira conferência geral anual da Sociedade de Socorro é realizada em Salt Lake City. A organização continuou a realizar conferências semestrais até 1945.

 

Início da publicação do Young Woman’s Journal

É publicada a primeira edição do Young Woman´s Journal.

 

Elvira S. Barney profere a oração de abertura na reunião da Associação de Sufrágio Feminino de Utah

A oração de Elvira S. Barney nessa reunião sufragista mostra um modo pelo qual as mulheres se engajavam no discurso teológico. Ver capítulo 20, “Oração”.

 

Promulgação do Manifesto

O Manifesto — uma declaração que anunciava a intenção da Igreja em encerrar a prática da poligamia — foi lido e aceito na conferência geral da Igreja.

 

As mulheres mórmons se filiam ao conselho nacional das mulheres

A Sociedade de Socorro e a Associação de Melhoramentos Mútuos das Damas se tornaram duas das dez organizações fundadoras originais do conselho nacional das mulheres.

 

Mattie Horne Tingey discursa no congresso mundial de representantes das mulheres

Mattie Horne Tingey falou em uma sessão do Congresso Mundial sobre o papel das mulheres e sobre como elas tinham a responsabilidade de desenvolver o intelecto e os talentos. Ver capítulo 21, “A escola da experiência”.

 

Julia Cruse Howe discursa na associação de resguardo geral

Nessa reunião de resguardo, Julia Cruse Howe falou sobre o serviço e a disposição de ajudar na Igreja. Ver o capítulo extra “Um zangão na colmeia de Deseret”.

 

Discurso de Sarah M. Kimball proferido no conselho nacional das mulheres

O discurso de Sarah M. Kimball, lido por Marilla Daniels, abordava ideias filosóficas de esclarecimento espiritual e progresso eterno. Ver capítulo 22, “Nosso sexto sentido, ou o sentido do entendimento espiritual”.

 

É realizada a primeira conferência da AMM com as Associações de Melhoramentos Mútuos dos Rapazes e das Jovens Damas

Essas conferências gerais anuais — geralmente chamadas de conferências conjuntas ou conferências de junho — aconteciam por volta do dia 1º de junho de cada ano, em homenagem ao aniversário de Brigham Young, e continuaram até 1975.

 

As primeiras missionárias solteiras servem missão

As duas primeiras missionárias solteiras, Amanda Inez Knight e Lucy Jane Brimhall, serviram na Inglaterra. As mulheres SUD começaram a participar do trabalho missionário assim que a Igreja foi organizada, geralmente de modo informal. Algumas mulheres casadas serviram missão com o marido antes de 1898.

 

Ann M. Cannon discursa na conferência de junho da AMM

Ann M. Cannon discursou para a liderança das Associações de Melhoramentos Mútuos sobre oração. Ver capítulo 23, “Oração”.

 

Bathsheba W. Smith discursa para a Sociedade de Socorro

Bathsheba W. Smith, presidente geral da Sociedade de Socorro, incentivou as mulheres a abraçar o futuro com responsabilidade e ação. Ver capítulo 24, “Temos uma missão ainda maior”.

 

Rachel H. Leatham discursa na conferência geral

Rachel H. Leatham, pouco após retornar de uma missão de proselitismo, discursou numa reunião ao ar livre para o público excedente da conferência geral. Ver capítulo 25, “Deus revelou-o a mim”.

 

Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial, também conhecida como a Grande Guerra, foi travada de 1914 até 1918.

 

Publicação do último número de Woman’s Exponent

A última edição de Woman’s Exponent foi publicada.

 

Início da publicação da Relief Society Magazine [Revista da Sociedade de Socorro]

A revista Relief Society Magazine (que começou com o nome de Relief Society Bulletin em 1914) era a publicação oficial da Sociedade de Socorro durante a década de 1970.

 

As organizações da Igreja substituem os livros de atas escritos à mão por formulários padronizados

Como resultado dessa mudança nas práticas de manutenção de registros, o registro histórico perdeu muitos pronunciamentos espontâneos de membros comuns em suas reuniões regulares.

 

Amelia Flygare discursa na conferência de junho da AMM

Amelia Flygare falou para a liderança da Associação de Melhoramentos Mútuos sobre o fato de que cada pessoa pode fazer contribuições valiosas para a obra de Deus. Ver capítulo 26, “Uma grande locomotiva”.

 

Annie D. Noble discursa na conferência de junho da AMM

Annie D. Noble descreveu em uma reunião de testemunhos, realizada em uma conferência de junho, como adquiriu um testemunho pessoal do evangelho de Jesus Cristo. Ver capítulo 27, “O conhecimento que agora está claro”.

 

Emma N. Goddard discursa na conferência de junho da AMM

Emma N. Goddard ensinou a liderança da Associação de Melhoramentos Mútuos sobre a criação de uma geração justa em tempos de guerra, concentrando-se no amor ao próximo. Ver capítulo 28, “Amarás o teu próximo”.

 

Jennie Brimhall Knight discursa na conferência geral da Sociedade de Socorro

Jennie Brimhall Knight ensinou as irmãs da Sociedade de Socorro sobre o perdão. Ver capítulo 29, “O perdão é como a misericórdia”.

 

Amy Brown Lyman discursou para as mulheres na conferência geral da Sociedade de Socorro

Amy Brown Lyman falou sobre o valor da fé para as irmãs da Sociedade de Socorro. Ver capítulo 30, “O valor da fé”.

 

O Young Woman’s Journal e o Improvement Era são reunidos

O Young Woman’s Journal, a publicação da Associação de Melhoramentos Mútuos das Jovens Damas, e o Improvement Era, a publicação da Associação de Melhoramentos Mútuos dos Rapazes, foram reunidos e passaram a se chamar Improvement Era.

 

Lalene H. Hart discursa na conferência geral da Sociedade de Socorro

Lalene H. Hart, que presidiu o comitê de serviço social no início da década de 1930, falou sobre o que significa ser uma líder na Sociedade de Socorro. Ver capítulo 31, “Sentir a responsabilidade do ofício”.

 

A YLMIA muda de nome, passando a se chamar Associação de Melhoramentos Mútuos das Moças

A Associação de Melhoramentos Mútuos das Jovens Damas (YLMIA) adotou o nome de Associação de Melhoramentos Mútuos das Moças (AMM-M) porque o termo moças foi considerado mais adequado que o termo damas.

 

Elsie Talmage Brandley discursa para jovens e líderes na conferência de junho de AMM

Em seu discurso, Elsie Talmage Brandley aborda em uma pesquisa questões e problemas identificados pelos jovens santos dos últimos dias. Ver capítulo 32, “A crise religiosa de hoje”.

 

Kate M. Barker discursa na conferência geral da Sociedade de Socorro

Kate M. Barker falou sobre oração, fé e obediência para as irmãs da Sociedade de Socorro. Ver o capítulo extra “Há uma diferença”.

 

Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial começou em 1939 e continuou até 1945.

 

A Sociedade de Socorro começa a realizar a conferência anual

A Sociedade de Socorro começou a realizar apenas uma conferência por ano, em setembro ou outubro.

 

Leone O. Jacobs discursa na conferência geral da Sociedade de Socorro

Leone O. Jacobs falou sobre o crescimento contínuo na retidão. Ver capítulo 33, “Prepare o seu coração”.

 

Mary J. Wilson discursa na conferência geral da Sociedade de Socorro

Mary J. Wilson incentivou seus ouvintes a priorizar a salvação eterna mais que a riqueza. Ver capítulo 34, “O desenvolvimento dos valores eternos da vida”.

 

Guerra da Coreia

A guerra da Coreia durou de 1950 até 1953.

 

Marianne C. Sharp discursa na conferência geral da Sociedade de Socorro

Marianne C. Sharp falou sobre a relação entre inteligência e obediência. Ver capítulo 35, “Adquirir conhecimento e inteligência”.

Margaret C. Pickering discursa na conferência geral da Sociedade de Socorro

Margaret C. Pickering falou sobre o serviço compassivo. Ver capítulo 36, “A um destes meus pequeninos”.

 

O edifício da Sociedade de Socorro é dedicado em Salt Lake City

O edifício da Sociedade de Socorro, cuja construção foi financiada por doações de membros, foi dedicado na conferência geral da Sociedade de Socorro. Esse edifício da sede da Igreja contém os escritórios da presidência geral da Sociedade de Socorro e, em 1984, as presidências gerais das Moças e da Primária também começaram a ter seus escritórios nele.

 

Louise W. Madsen discursa na conferência geral da Sociedade de Socorro

Louise W. Madsen falou sobre como Deus recompensa a união com poder. Ver capítulo 37, “União de sentimentos”.

 

Alice C. Smith discursa na conferência geral da Sociedade de Socorro

Alice C. Smith profere um discurso sobre o trabalho das professoras visitantes. Ver capítulo 38, “O meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.

 

Início da publicação de novas revistas da Igreja

As revistas Ensign, New Era e Friend começaram a ser publicadas, substituindo a Relief Society Magazine, a Improvement Era, o Millennial Star e outras publicações da Igreja.

 

A Igreja começa a realizar conferências de área

A Igreja começou a realizar a realizar conferências de área para dar aos membros de fora dos Estados Unidos a chance de reunir-se com os líderes gerais da Igreja e aprender com eles.

 

A AMM-M passa a se tornar parte da AMM do Sacerdócio Aarônico e Moças

Por um breve período, as organizações da Igreja para moças e rapazes foram reunidas numa única organização chamada AMM do Sacerdócio Aarônico e Moças. Nessa mesma época, algumas alterações na estrutura do programa da AMM colocou todas as mulheres adultas a partir de 18 anos de idade sob a mordomia da Sociedade de Socorro.

 

Lucrecia Suárez de Juárez discursa na conferência de área do México e da América Central

Lucrecia Suárez de Juárez falou sobre felicidade, maternidade e o poder da Sociedade de Socorro nessa primeira conferência de área, realizada no México. Ver capítulo 39, “A Sociedade de Socorro proporciona felicidade”.

 

A organização da AMM do Sacerdócio Aarônico e Moças separa-se em duas organizações

Depois de permanecerem reunidas por dois anos como uma única organização chamada AMM do Sacerdócio Aarônico e Moças, as organizações da Igreja para os rapazes e para as moças foram novamente separadas. A organização para as moças de 12 a 18 anos passou a se chamar Moças, e esse continua a ser o nome dessa organização auxiliar.

 

As conferências gerais das auxiliares chegam ao fim

As conferências auxiliares para a Sociedade de Socorro, Moças, Rapazes, Primária e Escola Dominical foram descontinuadas. Serões e outras transmissões se tornaram um meio muito utilizado nos anos subsequentes para que as líderes femininas falassem para os membros da Igreja.

 

Belle S. Spafford discursa no devocional da Universidade Brigham Young

Logo após ser desobrigada do cargo de presidente geral da Sociedade de Socorro, Belle S. Spafford falou sobre as mulheres e a sociedade para os estudantes da BYU. Ver capítulo 40, “As mulheres santos dos últimos dias no mundo inconstante de hoje”.

 

Início da conferência das mulheres da BYU

A conferência das mulheres da Universidade Brigham Young começou sob o patrocínio da Associated Students of BYU Women's Office. A supervisão da conferência passou para o escritório do reitor da universidade em 1984, e a conferência tem sido co-patrocinada pela Sociedade de Socorro desde 1990.

 

É realizado o primeiro serão das mulheres

Esse serão especial para mulheres incluiu discursos das líderes da Sociedade de Socorro e das Moças, e também do presidente da Igreja.

Início do horário consolidado das reuniões dominicais

O horário consolidado das reuniões, geralmente chamado de “horário em bloco”, transferiu as reuniões das auxiliares para o domingo, de modo que os membros passaram a assistir a todas as suas reuniões num bloco de três horas, aos domingos. Os rapazes e as moças continuaram a ter uma atividade semanal a cada semana.

 

Ardeth G. Kapp discursa na conferência das mulheres da Universidade Brigham Young

Ardeth G. Kapp falou a respeito de desenvolver o testemunho e a atividade sobre um sólido alicerce do evangelho e receber orientação de Deus. Ver capítulo 41, “À deriva, sonhando, dirigindo”.

 

É realizado o primeiro serão das Moças

O primeiro serão mundial das Moças foi transmitido de Salt Lake City. Realizado em comemoração ao aniversário de 150 anos da fundação da Igreja, o evento incluiu discursos da presidência geral das Moças e do presidente da Igreja.

Reunião geral da Sociedade de Socorro

A reunião anual da Sociedade de Socorro passou a se chamar reunião geral da Sociedade de Socorro. Esse nome foi mudado dois anos depois.

 

Elaine A. Cannon discursa no serão das Moças

Elaine A. Cannon aconselhou as moças a desenvolver um relacionamento com Deus. Ver capítulo 42, “Época de despertar”.

 

Reunião geral das mulheres

A reunião anual das mulheres passou a se chamar reunião geral das mulheres. Essa reunião era aberta a mulheres, moças e meninas a partir de 12 anos de idade e prosseguiu por alguns anos. Em 1984, a idade foi reduzida para que mulheres, moças e meninas a partir de dez anos de idade pudessem assistir à reunião.

As mulheres começam a falar com regularidade na conferência geral

As líderes femininas começaram a falar com regularidade na conferência geral semestral da Igreja. Ver “Oradoras SUD na conferência geral”.

 

Francine R. Bennion discursa na conferência das mulheres da BYU

Francine R. Bennion proferiu um discurso em resposta a um pedido feito pelo comitê da conferência das mulheres da BYU de que ela enfocasse o tópico do sofrimento. Ver capítulo 43, “Uma teologia SUD do sofrimento”.

 

Jutta B. Busche discursa na conferência das mulheres da BYU

Jutta B. Busche proferiu o último discurso dessa conferência sobre o amor de Deus e o aprendizado para ter o Espírito na vida. Ver capítulo 44, “O tesouro desconhecido”.

Elaine L. Jack discursa no serão do Sistema Educacional da Igreja

Elaine L. Jack incentivou os jovens adultos à iniciativa e à ação nesse discurso. Ver capítulo 45, “Ser alguém na vida”.

 

A Sociedade de Socorro começa a realizar uma reunião geral anual

A reunião geral anual das mulheres foi substituída por uma reunião geral da Sociedade de Socorro, no outono, e uma reunião geral das Moças, na primavera.

 

As Moças começam a realizar uma reunião geral anual

A organização das Moças começou a realizar uma reunião geral anual.

 

Chieko N. Okazaki discursa na conferência geral

Chieko N. Okazaki falou sobre união e diversidade nesse discurso. Ver capítulo 46, “Cestas e potes”.

 

Irina Kratzer discursa na conferência das mulheres da BYU

Irina Kratzer falou sobre sua filiação à Igreja e os milagres ocorridos em sua vida. Ver capítulo 47, “Decisões e milagres: E agora vejo”.

 

Sheri L. Dew discursa na conferência das mulheres da BYU

Sheri L. Dew incentivou suas ouvintes a aprender a confiar no Santo Espírito, a entender o valor que elas tinham e a participar plenamente na Igreja. Ver capítulo 48, “Saber quem você é — e quem você sempre foi”.

 

Bonnie D. Parkin discursa na reunião general da Sociedade de Socorro

Bonnie D. Parkin falou sobre a importância dos convênios para as irmãs da Sociedade de Socorro. Ver capítulo 49, “Com santidade de coração”.

 

Maurine Jensen Proctor discursa na conferência das mulheres da BYU

Maurine Jensen Proctor compartilhou seus pontos de vista sobre a contemplação e a revelação. Ver o capítulo extra “A reflexão profunda precede a revelação”.

 

Virginia H. Pearce discursa na conferência das mulheres da BYU

Virginia H. Pearce falou, nesse importante discurso, sobre o poder da oração Ver capítulo 50, “Oração: uma coisa pequena e simples”.

 

Julie Willis discursa no devocional da BYU

Julie B. Beck ensinou os jovens adultos da Universidade Brigham Young sobre o propósito dos quóruns e das Sociedades de Socorro. Ver capítulo 51, “Por que estamos organizados em quóruns e Sociedades de Socorro”.

 

Judy Brummer discursa em serão

Judy Brummer discursou num serão, usando sua vida na África do Sul como exemplo de como o Pai Celestial tem uma missão para cada um de Seus filhos. Ver capítulo 52, “Nosso Pai Celestial tem uma missão para nós”.

 

A reunião geral das mulheres é reinstituída

Essa reunião, para mulheres, moças e meninas acima de oito anos de idade, substituiu as reuniões gerais anuais da Sociedade de Socorro e das Moças.

Julie Willis discursa no devocional da BYU-Idaho

Julie Willis falou sobre a importância das perguntas e como elas podem proporcionar luz e entendimento. Ver o capítulo extra “Adquirir luz fazendo perguntas”.

 

Primeira sessão geral das mulheres

O nome da reunião geral das mulheres foi mudado para sessão geral das mulheres, e a reunião passou a ser considerada a sessão inicial da conferência geral semestral da Igreja.

 

Linda K. Burton discursa na conferência de área do Sul de Utah

Linda K. Burton falou sobre a importância do Dia do Senhor. Ver capítulo 53, “Nossas dádivas do Dia do Senhor”.

 

Gladys N. Sitati discursa na conferência das mulheres da BYU

Gladys N. Sitati falou sobre contendas e o cultivo da paz. Ver capítulo 54, “Resolver conflitos usando princípios do evangelho”.